L’ Auberge Espagnole

Mesmo não indo viver em um apartamento espanhol como no filme, o texto abaixo, extraído de webcine.com.br conseguiu sintetizar um pouco o que é viver essa experiência Erasmus. Mesmo eu não sendo europeu pra ser um Erasmus, sou Erasmus Mundus.

😉

l’Aubergue Espagnole

Tendo como cenário Barcelona, uma das cidades mais dinâmicas da Europa, Albergue Espanhol acompanha o destino do estudante de economia Xavier (ROMAIN DURIS), de 25 anos, que viaja através de num programa de intercâmbio popular na Europa, o “Erasmus”, que recebeu este nome em homenagem ao pensador holandês da Renascença Erasmo de Roterdã.

Xavier chega à Espanha totalmente despreparado – sem saber falar espanhol e catalão, triste em deixar sua namorada para trás, confuso sobre quem é ou que laços pode criar nessa cidade estrangeira. Procurando um lugar para ficar, ele acaba encontrando um casal francês recém-casado, um médico e sua solitária esposa, Anne Sophie, que lhe oferecem o sofá. Depois, encontra um lugar definitivo: um apartamento com sete estudantes de nacionalidades tão variadas quanto suas personalidades e sexualidade. Segundo Xavier, a multiplicidade de línguas faz lembrar o caos que existe em sua cabeça.

O apartamento fica conhecido como Albergue Espanhol, literalmente, “o albergue espanhol”, que na gíria francesa significa um lugar onde as culturas se misturam como num caldeirão, onde não há regras e tudo pode acontecer. De fato, o apartamento lotado logo se torna cenário de confusões cômicas à medida que os estudantes de diferentes culturas experimentam o amor e diferentes maneiras de ver a vida, tentando imaginar como será o futuro.

Xavier se vê envolvido numa teia de mulheres: a namorada francesa Martine (AUDREY TAUTOU), que parece distante mesmo tendo vindo visitá-lo; sua melhor amiga no albergue e instrutora sexual, a belga Isabelle (CÉCILE DE FRANCE), que gostaria que Xavier fosse mulher; e a reprimida Anne Sophie (JUDITH GODRÈCHE), por quem Xavier sente um afeto que acaba desembocando num caso proibido.

Mesmo com corações partidos e olhos sendo abertos de formas inesperadas, e mesmo com o tumulto e a confusão reinando no apartamento, surge uma espécie de unidade a partir dos sonhos que seus habitantes têm em comum. Surge também a certeza que nenhum deles será igual depois das experiências que viveram no Albergue Espanhol.

2 Respostas to “L’ Auberge Espagnole”

  1. iule Says:

    boa sorte por aí psico, eu também to precisando de muita por aqui,rs.
    abraço!

  2. Nina Says:

    eu tô chegando…
    que bom….. adoro qd as pessoas descobrem que nada é estático… graças a deus….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: