dead poet

“I went to the woods because I wished to live deliberately, to front only the essential facts of life, and see if I could not learn what it had to teach, and not, when I came to die, discover that I had not lived” (Walden, 1854).

Sem tempo pra escrever aqui. Enfim, já escrevendo.

3 Respostas to “dead poet”

  1. Nina Says:

    amadooooooo… nao entendi nada….
    Terra adorada
    Entre outras mil,
    És tu, Brasil,
    Ó Pátria amada!

    Dos filhos deste solo és mãe gentil,
    Pátria amada,
    Brasil!

  2. iule Says:

    é impressionante que a gente sempre acha que tá sem tempo.Parece que as coisas só funcionam assim. =)
    Você vai estar no Brasil ou por aí nas férias de Dezembro/jan… ?

    beijo!

  3. Angélica Says:

    Triste, mas belíssimo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: